Ajude nos com sua doação

Translate

Fortes Chuvas em SP: das 22h de ontem às 1h de hoje deixa alagamentos.

As fortes chuvas que atingem São Paulo desde a noite de ontem já provocaram a morte de 13 pessoas em todo o Estado em decorrência de deslizamentos de terra. Na cidade de São Paulo, os temporais causam alagamentos e longas filas de congestionamento. A prefeitura suspendeu o rodízio de veículos hoje.

Juca Varella/Folhapress
Motorista enfrenta trânsito ruim na cidade de São Paulo devido às fortes chuvas; há reflexo em algumas estradas
Motorista enfrenta trânsito ruim na cidade de São Paulo devido às fortes chuvas; há reflexo em algumas estradas
As mortes foram registradas nas cidades de São José dos Campos (5), São Paulo (4), Mauá (3) e Mogi das Cruzes (1).
De acordo com o Corpo de Bombeiros, eram contabilizados apenas 11 mortes, mas foram registradas as mortes de um morador de rua arrastado por uma enxurrada na avenida Nove de Julho, e uma vítima de deslizamento próximo a região do Capão Redondo, que eram contabilizados pela corporação.
Este último ainda não é analisado se ocorreu na cidade de São Paulo ou de Embu, por ter ocorrido na divisa.
Ainda em São Paulo, outras duas mulheres --apontadas como mãe e filha-- morreram soterradas em um desmoronamento de terra na rua Virgínia de Araújo, bairro Furnas, na região do Tremembé (zona norte).
Em São José dos Campos, as cinco vítimas foram soterradas após suas casas serem atingidas por um deslizamento de terra no bairro Rio Comprido, no final da noite de segunda-feira (10). Outras três mortes aconteceram em Mauá, de acordo com os bombeiros, sendo uma de um adolescente de 16 anos, no Jardim Zaíra, e outra vítima no Jardim Rosina.
Já em Mogi das Cruzes, na Grande São Paulo, os bombeiros contabilizam uma morte por afogamento, mas não foram dados detalhes sobre a vítima.
 
ALAGAMENTOS

O motorista encontra problemas no trânsito hoje, devido a alagamentos em diferentes pontos da cidade. Muitos desses problemas estavam na marginal Tietê, que chegou a transbordar. Também há problemas em estradas.
Desde ontem, o CGE (Centro de Gerenciamento de Emergências), da prefeitura, registrou 125 pontos de alagamento nas ruas de São Paulo. No início da manhã, 37 ainda ocupavam vias --parte impede a passagem dos veículos. Por volta das 11h, o órgão registrava seis pontos. Veja os locais:
- avenida Olavo Fontoura, altura do Campo de Bagatelle, sentido Casa Verde;
- rua Romão Gomes, altura da avenida Valdemar Ferreira, sentido único;
- avenida Olavo Fontoura, altura da Professor Milton Rodrigues, ambos os sentidos;
- rua Cruzeiro, altura da rua do bosque, sentido único;
- rua Bernardo Saião, ambos os sentidos;
- rua Solimões, com a Luis Alves de Siqueira, ambos os sentidos.
 
ESTRADAS

Por volta das 10h20, algumas rodovias que cruzam o Estado tinham problemas de alagamento e de congestionamento devido a alagamentos registrados na cidade de São Paulo. A pior via no horário ainda era a Fernão Dias, onde havia 13 km de filas devido a um ponto de alagamento no km 43, altura da cidade de Atibaia (64 km de SP).
Na Dutra e na Castello Branco, não havia alagamento, mas problemas de trânsito nas marginais provocavam congestionamento. Na Dutra, a retenção estava entre o km 222 e o km 231. Já na Castello atingia o trecho entre o km 16 e o km 13, também na chegada a São Paulo.

Fonte: Folha de São Paulo

Categories: Share

Leave a Reply