Ajude nos com sua doação

Translate

Prostitutas em vitrines terão de pagar imposto na Holanda

Se a moda pega.
---------------------------------------------
A Holanda anunciou que passará a cobrar impostos das prostitutas que ficam expostas nas vitrines do famoso 'Red Light District' (distrito da luz vermelha), na cidade de Amsterdã.
A medida é para tentar conter o deficit nas contas públicas amargado após a crise financeira de 2008.

"Começamos nos bordéis e agora estamos prosseguindo para os donos das vitrines e as prostitutas", disse Janneke Verhegen, porta-voz do Serviço Fiscal holandês.

Peter Dejong-10.jan.2011/AP
Prostitutas expostas em vitrine na cidade holandesa de Amsterdã; elas terão de pagar impostos
Prostitutas expostas em vitrine na cidade holandesa de Amsterdã; elas terão de pagar impostos
Estima-se que o setor gere lucros anuais de até 660 milhões de euros (R$ 1,4 bilhão) e que apenas 40% das mulheres já estejam em dia com os cofres públicos.
Apesar de ter legalizado a atividade há dez anos, somente agora o governo deve reforçar a alíquota de 19% em cada transação.
Ninguém sabe ao certo o total de prostitutas que trabalham em Amsterdã.
Um estudo comissionado pela prefeitura em outubro, no entanto, aponta que há cerca de 8.000 mulheres trabalhando de diversas formas na cidade e ao menos 3.000 somente nas vitrines.
Bartho Boer, porta-voz do governo local, diz que a medida deve aumentar o controle sobre o tráfico de pessoas, ajudando a combater o crime organizado.
Metje Blaak, chefe de um sindicato local de prostitutas, disse que apoia a taxação, embora muitas mulheres já estejam com dificuldades financeiras.

Folha Mundo foi a fonte da notícia

Categories: Share

Leave a Reply