Ajude nos com sua doação

Translate

Brasil pede desculpas por violência contra estudante africano em MT

O governo brasileiro apresentou neste sábado um pedido formal de desculpas a representantes do governo da Guiné-Bissau em razão do episódio de espancamento e morte do estudante Toni Bernardo da Silva, 27, ocorrido na última quinta-feira (22) em Cuiabá.
Policiais são suspeitos de agredir africano até a morte
"O ministro das Relações Exteriores, Antonio de Aguiar Patriota, apresentou pessoalmente, hoje, em Nova York, ao Embaixador Adelino Mano Queta, Chanceler em exercício e futuro Ministro da Justiça de Guiné-Bissau, em nome do Governo brasileiro, pedido de desculpas pela violência cometida contra o estudante bissauense", diz uma nota encaminhada à imprensa.
O governo disse "lamentar profundamente" o ocorrido e manifestou "condolências à família do estudante" e "repúdio a toda forma de violência". "As responsabilidades pelo crime serão devidamente apuradas", diz a nota.
Ex-integrante de um programa de intercâmbio estudantil (do qual fazia parte até fevereiro deste ano), Toni morava no Brasil desde 2005 e chegou a cursar Economia na UFMT (Universidade Federal de Mato Grosso).
Segundo a Polícia Civil, o estudante morreu após ser agredido com socos e pontapés por dois policiais e um empresário dentro de uma pizzaria nas proximidades da UFMT. Presos em flagrante, os suspeitos foram indiciados por homicídio doloso.
À polícia todos disseram que apenas tentaram imobilizar a vítima, que parecia estar "embriagada ou sob efeito de drogas".

Fonte: Folha de SP

Categories: Share

Leave a Reply