Ajude nos com sua doação

Translate

João Gordo é chamado de "traidor do movimento" em show do Korzus

Rock in Rio Um coro puxado pelo cantor Marcello Pompeu, do Korzus, para entoar um pedaço do Hino Nacional foi o único momento do show da banda que fugiu a liturgia de um espetáculo de metal, na segunda apresentação do palco Sunset no terceiro dia do Rock in Rio.


"Não tem nada a ver com política, é que o povo brasileiro é foda pra caralho", disse o cantor.
O resto da apresentação hipnotizou o público com o que se espera do gênero: letras cantadas com voz engrossada, marcação pesada do ritmo da bateria com dois bumbos, bases de guitarra simples e solos agudos e velozes.

Danilo Verpa/Folhapress
João Gordo em show da banda Korzus no palco Sunset no Rock in Rio
João Gordo em show da banda Korzus no palco Sunset no Rock in Rio
O show foi acompanhado com muitas mãos para cima fazendo chifrinhos, o gesto que Ronnie James Dio pegou da avó para popularizar como marca do heavy metal.
A banda chamou ao palco ainda músicos do Suicidal Tendencies e um ex-Dead Kennedys.
João Gordo, o último convidado, pediu "mais respeito com as bandas de rock nacional", mas houve na plateia quem olhasse com desdém o cantor do Ratos do Porão que virou VJ da MTV. "Traidor do movimento!", gritou um rapaz na plateia.

Fonte: Folha de SP

Categories: , , Share

Leave a Reply