Ajude nos com sua doação

Translate

Marfrig ficará com parte da BRFoods à venda por ordem do governo

A Brasil Foods fechou acordo com a Marfrig, dona da marca Seara, para ceder à empresa os ativos de que teria que se desfazer por determinação do Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) para concluir a fusão entre Sadia e Perdigão.
Segundo fato relevante divulgado nesta quinta-feira pela empresa, haverá permuta entre marcas e instalações das duas companhias.
Para aprovar a fusão entre Sadia e Perdigão, o Cade obrigou a Brasil Foods a vender, a um só grupo, 10 fábricas, 4 abatedouros, 12 granjas, 4 fábricas da ração, 2 incubatórios de aves e 8 centros de distribuição.
Além disso, também passarão para a Marfrig as marcas Rezende, Wilson, Texas, Tekitos, Patitas, Fiesta, Escolha Saudável, Light Ellegance, Freski, Confiança, Doriana e Delicata.
Em troca do que será cedido pela BRFoods, a Marfrig cederá parte dos ativos da marca Paty na Argentina, líder no mercado de hambúrguer no país, as marcas das linhas de processados Paty, Barny e Estancia Sur, granjas de suínos e propriedade rural no Mato Grosso, operações comerciais da Paty no Uruguai e no Chile, além de pagar R$ 200 milhões adicionais.
O acordo está sujeito à aprovação do Cade. A Folha apurou que as duas empresas vão se reunir com o conselho nesta tarde para discutir o acordo.
No comunicado, a companhia afirma que "as administrações da BRF e da Marfrig entendem que os ativos permutados têm valores equivalentes."
"A BRF, a Sadia e a Marfrig discutirão, de boa fé, a forma e o conjunto de atos a serem praticados, a fim de definir a melhor estrutura para a implementação da transação prevista no documento", diz o texto.


Editoria de Arte/Folhapress

Fonte: Folha de SP

Categories: Share

Leave a Reply