Ajude nos com sua doação

Translate

Após confronto, famílias voltam a remover bens de área reintegrada

 Após novos registros de confronto entre moradores e policiais militares, na manhã desta segunda-feira, as famílias que tiveram que deixar suas casas voltaram a fazer a retirada de pertences na região da favela do Pinheirinho, em São José dos Campos (97 km de São Paulo). O clima já é mais calmo no local.
Os moradores estão sendo escoltadas por policiais e um oficial de Justiça até suas casas. O controle é feito com a apresentação de números que as famílias receberam no domingo (22), quando ocorreu a reintegração de posse. Durante a desocupação, um número correspondente foi pintado na fachada de suas casas.
Um dos focos de confronto ocorrido hoje aconteceu porque um grupo de moradores tentou forçar a entrada no centro de triagem montado no local. Homens da guarda correram ao local e dispararam tiros de borracha. A fila se dispersou, mas minutos depois voltou a se formar.
Alguns moradores se mostraram preocupados com os boatos de que os pertences estão sendo retirados pela prefeitura sem a participação dos moradores. Moradores ouvidos pela Folha se queixaram da falta de organização e afirmam que faltam informações sobre os procedimentos.

Apu Gomes/Folhapress
PMs se posicionam próximo à favela do Pinheirinho após reintegração de posse em São José dos Campos
PMs se posicionam próximo à favela do Pinheirinho após reintegração de posse em São José dos Campos


DETENÇÕES

A Polícia Militar deteve 14 pessoas durante a madrugada desta segunda-feira na região da favela do Pinheirinho. Com isso, chegou a 30 o número de detidos desde o início da reintegração de posse, na manhã de ontem.
Dentre as pessoas que foram detidas na madrugada, dez tinham invadido uma casa e tomado como refém um casal de idosos. Os outros quatro estavam em um veículo roubado que foi parado pela polícia. Ainda segundo a PM, dois dos homens que invadiram a casa eram procurados pela Justiça e foram presos.
Do total, ao menos, cinco pessoas permanecem presas.
Durante a madrugada, mais um veículo foi queimado na região próxima ao Pinheirinho. Ontem, a PM já havia registrado outros oito veículos queimados, inclusive um carro de reportagem da TV Vanguarda, afiliada da TV Globo.
Outros incêndios criminosos atingiram ainda, ao menos, uma creche e uma padaria da região. De acordo com a polícia, pessoas atiraram de dentro de um carro um coquetel molotov dentro da creche, que acabou sendo totalmente incendiada.
Um outro coquetel molotov foi usado por pessoas que incendiaram a padaria de um vereador conhecido como Robertinho da Padaria. Não há informação de feridos.
Apu Gomes/Folhapress
Policiais usam arma de bala de borracha contra manifestantes após reintegração de posse no interior de SP
Policiais usam arma de bala de borracha contra manifestantes após reintegração de posse no interior de SP


Fonte: Folha de SP

Categories: Share

Leave a Reply