Ajude nos com sua doação

Translate

Megagrávida pode ser indiciada caso não seja confirmada gestação

A pedagoga Maria Verônica Aparecida César Santos, 25, pode ser indiciada sob suspeita de falsidade ideológica e até estelionato se for comprovado que ela não está grávida.
Segundo o delegado seccional de Taubaté, Ivahir Freitas Garcia Filho, a decisão de abrir um inquérito se baseou na "comoção pública" que o caso gerou. Dias atrás, a pedagoga disse que contava com a ajuda financeira de conhecidos para fazer as compras necessárias.
Nas últimas semanas, Maria Verônica posou para fotos e apareceu em programas de TV como futura mãe de quadrigêmeas --o parto seria nos próximos dias. Ela não falou mais com a imprensa depois que médicos que a atenderam disseram que ela não estava grávida em agosto.
O exame para confirmar a gestação deve ser feito na próxima semana pelo IML (Instituto Médico Legal), quando ela e o marido derem depoimento à polícia.
Se a gravidez for confirmada, o caso será arquivado. Se não, outros envolvidos serão ouvidos pela polícia.
Jorge Araújo/Folhapress
A professora Maria Verônica Vieira, 25, diz estar grávida de quadrigêmeos; polícia pede exame para confirmar
A professora Maria Verônica Vieira, 25, diz estar grávida de quadrigêmeos; polícia pede exame para confirmar
O advogado dela, Marcos Antonio Leite, disse que sua cliente afirma estar grávida e em repouso por orientação médica. Ele afirmou ainda que não foi comunicado oficialmente sobre o inquérito.
A polícia tentou notificar a pedagoga ontem, no prédio onde mora, mas não a encontrou. A reportagem também foi ao local, mas foi informada de que ela não estava.
O marido de Maria Verônica, Kleber Eduardo Vieira, 37, disse à Rede Record que fez vasectomia depois do nascimento do primeiro filho do casal, de quatro anos.
A administradora de empresas Ana Paula Mückenberger Alves, 29, de Blumenau (SC), acusa Maria Verônica de ter mostrado o ultrassom de seu filho em uma reportagem televisiva.
A administradora diz que uma montagem com quatro imagens do feto estava num blog que mantém desde a gestação. Ela planeja entrar na Justiça.

Fonte: Folha de SP

Categories: Share

Leave a Reply