Ajude nos com sua doação

Translate

Saída da Grécia não significaria o fim do euro, dizem líderes europeus

Representantes europeus declararam nesta terça-feira que uma eventual saída da Grécia da zona do euro não significaria o fim da moeda comum.
"O euro viverá mais do que todos nós", afirmou Jean-Claude Juncker, líder dos ministros das Finanças da zona do euro, acrescentando não ter dúvidas de que a Grécia continuará na moeda comum, desde que cumpra suas obrigações com os demais países-membros.
E a vice-presidente da Comissão Europeia, Neelie Kroes, disse ao jornal holandês Volkskrant que "sempre é dito que, se deixarmos um país sair (do euro), toda a estrutura entraria em colapso. Isso não é verdade".
Ainda assim, o chefe de Kroes, José Manuel Durão Barroso, que preside a Comissão Europeia, insistiu em que os demais países ainda "querem a Grécia na zona do euro".
As declarações foram feitas em meio à crescente pressão sobre o governo de Atenas para aceitar as duras reformas exigidas pelos credores do país.
União Europeia, FMI e o Banco Central Europeu exigem que os gregos cortem mais gastos públicos e implementem reformas trabalhistas como precondições para um novo pacote de resgate.


Fonte: BBC Brasil

Categories: , Share

Leave a Reply